Notícias

Sem categoria

10 anos da Tragédia na Fonte Nova

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A reação de um menino a tragédia na Fonte Nova

Era um domingo, 25 de novembro de 2007, Bahia enfrentava o Vila Nova em casa precisando apenas de um empate para garantir o acesso a série B, do campeonato brasileiro.

Era pra ser uma tarde de festa, torcedores cantavam que o Bahia eram as suas vidas, e seus amores, o encanto na Fonte Nova era esplêndido.

Eu estava em casa naquele dia, estava ouvindo pelo rádio, com aquela emoção que os locutores traziam, soube da notícia mais triste possível.

Quando naquele ano, naquela série C, eu fui na minha primeira partida do Esporte Clube Bahia em Salvador, a primeira partida que eu via na Fonte Nova, o ambiente era sempre maravilhoso.

Eu era jovem, mas já entendia e lembro até hoje de tudo que passei numa tarde de outro domingo, contra um pequeno Atlético de Cajazeiras em qual o Bahia triunfou.

Acreditava que aquele Bahia poderia subir (retornar) a segunda divisão, é e quem sabe retornar a primeira divisão do futebol brasileiro.

Mas bem, aquela série C foi tensa, na segunda fase, (fase anterior ao Octagonal Final), o Bahia precisava de um milagre, vencer o Fast e acreditar que o ABC reserva empataria contra o Rio Branco na casa dos caras, não é que aconteceu?  o Bahia fez um gol aos 50 minutos do segundo tempo com Charles.

Era um momento de alívio, nossa! O grande Bahia sofria para passar ao Octagonal Final da série C.  A felicidade era enorme mas ninguém sabia o que estava por vir.

Alegria que virou tristeza

E sim, na tarde da partida contra o Vila Nova, a partida da tragédia eu só conseguia ficar feliz com o que acontecesse. Nem liguei pra o Pênalti perdido por Nonato, nem liguei para a péssima partida que o Bahia fez. Até o apito final eu estava feliz.

Mas eu continuei ouvindo, e ouvi que 7 irmãos tricolores morreram naquele acidente. Caramba fiquei em choque, eram eles mas poderia ter sido eu, ou qualquer pessoa que eu conheço que goste de futebol.

Era a tristeza de toda a nação tricolor, e aquele dia ficou marcado na vida de qualquer torcedor do Bahia. Foi o momento mais triste como torcedor que eu já tive.

Olha que nesses últimos anos, vivemos tantas lágrimas por conta do Bahia, hoje vemos esse time lutar por Libertadores, é uma honraria aqueles torcedores que apoiaram eles na pior condição do Clube.

Reportagem daquele dia:

Matheus Silva (138 Posts)

Estudante de administração, torcedor do Bahia, do Fluminense de Feira, Kansas City Chiefs, Arsenal e Colônia. Escritor em formação, 18 anos.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta